Bacalhau da NoruegaDestaqueNotícias

Com quatro anos de parceria, SindRio e Conselho Norueguês da Pesca levam o Festival Bacalhau da Noruega pela primeira vez a BH

São 20 restaurantes da capital mineira apresentando toda a versatilidade do ingrediente em preparos originais

De 25 de julho a 11 de agosto Belo Horizonte terá 20 restaurantes com um prato especial utilizando o ingrediente de origem milenar, encontrado nas águas do Polo Norte, na costa norueguesa. Restaurantes e chefs renomados participam da estreia do evento na cidade, entre eles, Caravela e Turi, do chef Cristóvão Laruça; Cozinha Santo Antônio, de Juliana Duarte; O Jardim, do chef Will Oliveira; e Caê, de Caetano Sobrinho.

Os peixes salgados e secos da Noruega chegam ao Festival misturando-se às técnicas diversas dos chefs da capital mineira. Uma das escolhas prediletas de chefs ao redor do mundo, o produto tem sua versatilidade explorada em pratos preparados ao forno, confitado, grelhado, na brasa ou como a estrela em recheios de pizza ou pastéis. Nos acompanhamentos, angu, toucinho, couve e até shot de feijão unem a tradição da culinária Mineira aos sabores marcantes do Bacalhau.

“Um festival como esse, além de ser um presente ao paladar, conecta os restaurantes e clientes com o ingrediente. O Bacalhau faz parte da cultura afetiva do brasileiro. Para nós, bacalhau é sinônimo de tradição, festa, reunião de família e amigos queridos. Queremos preservar e passar para as gerações esse costume saudável e delicioso”, comenta Giselle Martins, Consultora Coordenadora de Treinamentos do Conselho Norueguês da Pesca.

SOBRE O BACALHAU DA NORUEGA

Em 2024 o festival traz dois peixes salgados e secos noruegueses, o Bacalhau Gadus Morhua e o Pollachius virens, este mais conhecido como Saithe_,_ que passa pelo mesmo processo de cura do Gadus morhua, com a mesma qualidade_._ O Gadus Morhua é considerado o mais nobre bacalhau do mundo graças à sua versatilidade, rendimento, saudabilidade e procedência. Após o cozimento este se solta em saborosas pétalas. O Saithe tem sabor acentuado e sua carne desfia com facilidade quando cozido, também solta suas pétalas após o cozimento, é ideal para bolinhos, saladas, caldos, pirões e recheios.

É o processo de secagem o que torna o peixe um bacalhau, conservando todos os nutrientes e apurando o seu paladar. Fruto de uma tradição secular norueguesa de secagem, os dois tipos de peixe são encontrados no círculo polar ártico e processados nas mesmas fábricas, técnicas e alto padrão de qualidade.

Os peixes crescem de forma lenta no clima frio e as águas geladas da Noruega, ambientes favoráveis para o seu desenvolvimento, atribuindo-lhes sabor e textura únicos. O ingrediente é também uma ótima escolha quando o assunto é saúde. O bacalhau é rico em vitamina A, ômega 3, cálcio, ferro e com baixíssimo teor de gordura – cerca de 96% das calorias de cada porção de Bacalhau provêm da proteína. Além disso, é livre de conservantes artificiais, sendo apenas peixe e sal.

 

PROGRAMAÇÃO BELO HORIZONTE

Entre pratos que reforçam a tradição mineira e receitas originais como recheio de pizza e pastel com bacalhau, o festival trará 20 restaurantes com diversos pratos que prometem agradar o paladar de quem estiver pela capital mineira entre os dias 25 de julho e 11 de agosto.

Todos os restaurantes e pratos podem ser conferidos no site do Festival, confira no botão abaixo.

SOBRE O PROJETO BACALHAU DA NORUEGA

Desde 2021 o SindRio, em parceria com o Conselho Norueguês da Pesca realiza ações promocionais do Bacalhau da Noruega, sendo o evento em Belo Horizonte uma parte destas. O projeto promove workshops, cursos e eventos gastronômicos com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre o autêntico ingrediente, valorizando a sua procedência e qualidade frente aos demais produtos do mercado.

Desde o início do projeto já foram realizados workshops com chefs renomados, como Ricardo Lapeyre, Monique Gabiatti, Elia Schramm e Jessica Trindade. Em 2022, além da segunda edição do Desafio Bacalhau da Noruega, do qual participaram estudantes de escolas de gastronomia, foi realizada a primeira edição do festival homônimo no Rio de Janeiro, reunindo 20 restaurantes da cidade. Em 2023, o festival se expandiu, passando a contemplar mais de 70 restaurantes, divididos entre Rio e São Paulo.

 

SERVIÇO

Festival Bacalhau da Noruega

Data: 25 de julho a 11 de agosto

Local: Belo Horizonte (MG)

https://www.festivalbacalhaudanoruega.sindrio.com.br/

Bacalhau da Noruega

https://bacalhaudanoruega.com.br/

https://www.instagram.com/bacalhaudanoruegabrasil/

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo