Cerveja e chopp terão aumento de 19 para 20%. A gasolina passa de 32% para 34%. Já o imposto sobre telecomunicações sai dos atuais 30% para 32%. Na energia elétrica, a alíquota para quem gasta entre 300 e 350 kwh/mês passará de 29% para 30%. Quem consome entre 350 e 450 kwh pagará para 31%. Já os que utilizam mais de 450 kwh/mês terão a alíquota de 32%. O governo vetou o artigo que aumentaria o imposto sobre o fumo de 27% para 37%. No entanto, foi publicado um decreto elevando a tributação desses produtos para 29%.